Receba nossa Newsletter

Quem somos

O INSTITUTO CULTURAL CIDADE VIVA – ICCV é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 12 de novembro de 1997, com atuação em todos os segmentos artísticos e nas áreas que fazem interface com a cultura, como turismo, gastronomia, terceiro setor, artesanato, educação, urbanismo, ciência, tecnologia, esporte, lazer e meio ambiente.

O ICCV tem abrangência nacional, com uma forte atuação nas capitais brasileiras e um vasto conhecimento da área cultural no interior dos estados, tendo trabalhado em mais de 120 municípios. Em 2010, abriu um novo horizonte de trabalho na Espanha.

O Instituto foi implantado pela empresa Engenharia Cultural – EC, criada em 1991, que o manteve em seus primeiros quatro anos de atividade. Hoje, o Instituto atua como uma rede de cooperação, denominada Rede ICCV Brasil, tendo como principais parceiros a Engenharia Cultural, a Editora Cidade Viva, criada em 2009 e diversas empresas, entidades, profissionais e agentes socioculturais, sediados na cidade do Rio de Janeiro e em diversos estados brasileiros.

Os associados da Rede ICCV BRASIL são selecionados por meio de critérios de excelência profissional e tornam-se parceiros na gestão de projetos, recebendo o suporte necessário para o desenvolvimento de seus trabalhos em todo o processo do ciclo da produção cultural, da criação de ideias à sua viabilização no mercado. Este formato inovador tornou a instituição autossustentável.

A Rede ICCV Brasil tem uma atuação cada vez mais diversificada no universo da Economia Criativa, tendo realizado trabalhos nas áreas de: pesquisa, planejamento, planos de negócio, gestão, produção e administração de projetos e de espaços culturais. Presta serviços nas áreas de História, Patrimônio e Arqueologia. Elabora e realiza eventos de teatro, música, literatura, artes plásticas e cinema. Atua nos setores que fazem interface com a cultura: social, ambiental, artesanato, gastronomia, turismo, educação, esporte, ciência e tecnologia. Edita livros e publicações. Capacita os agentes do mercado e fornece serviços de design gráfico, assessoria de comunicação, tecnologia da informação e outros.

Missão:

Transformar ideias em projetos e projetos em realidade.

Visão de Futuro:

E quando tivermos milhares de agentes culturais e sociais capacitados, enxergando novos caminhos de sustentabilidade, atuando nas realidades onde vivem, buscando oportunidades locais inspiradas na diversidade brasileira?

E quando formarmos multiplicadores de conteúdos de gestão e, com o avanço da tecnologia, pudermos ligar estes empreendedores através de redes interativas em todo o país? Agentes falando uma linguagem de mercado sem ferir a criação.

E quando, através da emoção, conseguirmos abrir os olhos brasileiros para a valorização do que é típico e tem a cara do Brasil, e saber que toda essa riqueza é o nosso negócio, que fortalece a marca do país para todos os outros negócios?

E quando tivermos a consciência de que a leitura cultural das pequenas cidades é o mapa sobre o qual políticos, empresários, professores, jovens e comunitários devem se debruçar para traçar seus planos diretores, geradores de trabalho e renda?

E quando descobrirmos que, para viver da arte e cultura, não precisamos essencialmente de leis de incentivo e patrocínios, mas de parceiros lúcidos, públicos e privados, que entendam que todos os brasileiros são naturais consumidores de arte e cultura? Afinal, vivemos ou não da nossa história?

E quando vislumbrarmos que a cultura é responsabilidade social sem paternalismo, tão essencial quanto alimentar quem tem fome, um instrumento contra a violência, o orgulho ético que inibe a corrupção, sendo básica na educação para o desenvolvimento da sensibilidade, da criatividade, da autoestima, da cidadania, do conhecimento de si mesmo e dos outros, do cooperativismo e do encontro do nosso objetivo maior, que é realizar nossos sonhos e encontrar a felicidade?

E, finalmente, quando pudermos compreender que o mercado cultural vai além das fronteiras da arte e encontra-se com o turismo, educação, gastronomia, políticas públicas, moda, lazer, artesanato, ciência, tecnologia, terceiro setor, meio ambiente, urbanismo e tantas outras interfaces que tornam o negócio cultural ainda mais amplo de oportunidades?

Então veremos que os problemas brasileiros, além de políticos, econômicos e sociais são, na sua essência, culturais.

Atividades:

O ICCV, através dos profissionais parceiros da Rede ICCV Brasil, atua em todas as etapas do ciclo da produção cultural, no âmbito da Economia Criativa, desenvolvendo, entre outras, as seguintes atividades:

  1. Elaboração, planejamento e gestão de projetos de patrimônio cultural e ambiental. Construção, revitalização e gestão de parques temáticos e arqueológicos, museus, centros de memória, prédios históricos e espaços culturais. Projetos sociais de restauração de mobiliário de valor cultural e educação patrimonial.
  2. Implantação de projetos socioculturais, envolvendo a área social, cultural, esportiva e educacional, atuando na criação de incubadoras culturais e na produção de prêmios. Informatização de bibliotecas públicas. Vídeo, teatro e oficinas nas escolas e comunidades de baixa renda, para conscientização da preservação ambiental, uso eficiente da energia e outros temas afins.
  3. Criação e desenvolvimento de planos e projetos estratégicos, programas de empreendedorismo cultural, políticas públicas e privadas, políticas de patrocínio e estratégias de marketing cultural. Realização de pesquisas de mercado para a elaboração de diagnósticos e de diretrizes socioculturais. Montagem de planos de atuação e de fomento cultural, bem como de projetos para a criação e reordenamento sustentável de centros e espaços culturais. Implantação de polos de turismo cultural e artesanato.
  4. Produção de eventos, como festivais, circuitos, espetáculos, shows, exposições, exibições, projeções mapeadas, lançamentos, feiras e festas em todos os outros segmentos artísticos.
  5. Realização de cursos de gestão cultural, oficinas, seminários, fóruns, encontros e palestras para todas as esferas culturais e artísticas, dos setores público e privado, envolvendo todo o processo de conhecimento para transformar uma ideia em projeto e este em realidade no mercado.
  6. Edição de publicações técnicas em gestão cultural, guias, livros e coleções temáticas de alta qualidade gráfica, através da Editora Cidade Viva.