Receba nossa Newsletter

Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos comemora um ano de funcionamento

14 de junho de 2012

Com mais de 10 mil visitantes no período, o Parque se consagra como um importante equipamento cultural para o interior do Rio de Janeiro

Nesta quinta-feira, 14 de junho, o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos realizou uma festa de comemoração em homenagem ao seu primeiro ano de abertura ao público. Um dos pontos altos da festividade foi a entrega de um brinde especial à visitante de número 10.000. A jovem Samira Santos, de 10 anos, moradora do bairro de Lambari, em Rio Claro, recebeu uma bicicleta de presente para celebrar o marco.

Na ocasião também foram inaugurados três totens digitais interativos, com documentos e fotografias digitalizadas, que dispõe de um acervo adicional à exposição permanente no Centro de Memória do Parque. Além disso, foi apresentada a nova cartilha do Programa Educativo da instituição.

Compareceram à solenidade a superintendente da Lei do Incentivo à Cultura, Tiatiana Richard, da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, Raul Machado, prefeito de Rio Claro, Ziza Valadares, diretor de comunicação da Light, Fernando Portella, diretor do Instituto Cultural Cidade Viva, Mozart Vitor Serra, idealizador do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos, Maurício Prochnick, responsável pelo projeto arquitetônico do Centro de Memória do Parque, Jandira Neto, diretora do IAB, Mara Fernardes, secretária de educação de Rio Claro e Mário Vidigal, secretário de meio ambiente do mesmo município, além de 100 crianças participantes de atividades do programa educativo regional.

As falas das autoridades e parceiros presentes lembraram a grande representatividade alcançada pelo Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos, que mesmo antes de completar um ano de funcionamento recebeu o prêmio federal Rodrigo Melo Franco de Andrade, do IPHAN. Destacou-se no cerimonial a importância de incentivos que garantam a sua continuidade das atividades do Parque, com margem para a renovação constante da agenda, visando sempre a conquista de um maior número de visitantes, trazendo crescimento à região.

Ziza Valadares e Tatiana Richards se emocionaram ao ver, pela primeira vez, o documentário A história de São João Marcos, em exibição permanente no Parque. No filme curta-metragem é contada a história da cidade que desapareceu e voltou a figurar no mapa como parque arqueológico e ambiental.

“O Parque está se consolidando como um destino de pessoas que procuram associar lazer e cultura”, disse Zeca Barros, coordenador do Parque pelo Instituto Cultural Cidade Viva.  Ele adianta que será montada uma exposição no local, intitulada “São João Marcos – Um novo olhar”, com imagens produzidas por crianças moradoras na região. A inauguração da mostra está prevista para o dia 30 de junho.

 

3 respostas para "Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos comemora um ano de funcionamento"

  1. Bom dia!
    Gostaria de saber como chegar ao Parque, saindo do Rio de Janeiro. Qual a distancia, se é passeio para um dia, se há hospedagem, quais as atrações para crianças de oito anos, se as visitas são guiadas e como agenda-las!
    Enfim maiores detalhes…
    Grata Silvia

  2. Responder Ronaldo Carneiro de Morais Postado 1 de abril de 2015 às 14:38

    Meus cumprimentos, estive domingo passado no Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos, achei tudo muito organizado, a guia muito solícita e bem informada e as estruturas arqueológicas com ótimas informações. Esqueci de fazer duas perguntas: uma ruína ao lado da área de observação de pássaros é do antigo hospital? . Onde ficam as ruínas do antigo matadouro?

    Muito obrigado

Você tem algo a dizer?

Seu e-mail NÃO é publicado e nem compartilhado com terceiros.
Campos obrigatórios estão marcados com *