Receba nossa Newsletter

Gestão Cultural

Desde 1997, a Engenharia Cultural e o Instituto Cultural Cidade Viva vêm oferecendo cursos de formação em gestão cultural para o mercado brasileiro. Todas as realizações apresentadas neste Perfil geraram um conhecimento precioso, uma metodologia que se renova de forma contínua, que consideramos fundamental difundir para todos. Ao fortalecer o mercado da arte e da cultura estamos ampliando nosso espaço de trabalho.

Nossos cursos transmitem conhecimento de como uma ideia na área sociocultural poderá transformar-se em um bom projeto para ser apresentado no mercado e de como esta ação poderá tornar-se realidade.

Como representado no diagrama, o programa do curso percorre em detalhes todo o ciclo da produção cultural adaptando-o a cada caso, a cada segmento cultural e a cada atividade.

Nossa metodologia, que pode ser aplicada tanto no menor e mais distante município deste país, assim como em grandes capitais, incorpora valores de uma típica área rural ou de uma comunidade de baixa renda. Absorvendo as questões locais, as particularidades e dificuldades.

Esse trabalho, já aplicado em 12 estados brasileiros, principalmente em cidades do interior, gerou muito conhecimento. Montamos um extenso banco de experiências de sucesso, de oportunidades de mercado e de formas inteligentes de se trabalhar arte e cultura, em interface com outros setores de desenvolvimento, como turismo, meio ambiente, educação, gastronomia, artesanato, urbanismo, ciência e tecnologia, lazer e o terceiro setor.

Os cursos fornecidos pelo ICCV levam em consideração as ideias, projetos e demandas dos alunos, fornece consultoria técnica específica para cada caso e seus instrutores, ao longo da convivência, adequam seus programas às necessidades apresentadas.

Os temas se inserem nas áreas do Ciclo da Produção Cultural: criação, planejamento e mercado. Seus conteúdos abordam desde a inspiração e construção de uma ideia que, pesquisada, se transforma em projeto, até a elaboração de uma estratégia para conquistar parceiros e se viabilizar como um produto relevante no mercado, atingindo, portanto, um público específico, que inspira a realização de novos trabalhos.