Receba nossa Newsletter

Turismo Cultural

Guia Cultural do Vale do Café

Categoria: Turismo Cultural

Uma das regiões mais importantes do Brasil no século XIX, o Vale do Café, no sul-fluminense, é muito mais do que uma ocorrência geográfica e sócio-econômica com expressivo percentual do PIB Brasileiro. A região é hoje uma potência em atrativos culturais e turísticos e mantém a essência de uma época que não morrerá nunca, com sua cultura popular, sua culinária, suas fazendas históricas, natureza exuberante e personagens únicos. Ao folhear as páginas do ‘Guia cultural do Vale do Café’, o leitor embarcará em uma deliciosa viagem pela tradição e a história desta região que sustentou a riqueza nacional durante décadas.

O ‘Guia cultural do Vale do Café’ é  distribuído gratuitamente pelas secretarias de turismo da região, nas sedes dos atrativos mapeados, e através do site da Editora Cidade Viva. A publicação reúne 114 verbetes distribuídos por 168 páginas com textos e fotos, separados por 4 regiões, dentro das seguintes categorias: (1) Espaços Culturais e Expressões Artísticas, (2) Artesanato e Produtos Típicos, (3) Fazendas Históricas e Hospedagem, (4) Cafés, Bares e Restaurantes Temáticos, (5) Personagens Cativantes e (6) Outros Atrativos. No final, há ainda um calendário com os principais festejos da região.

 

Clique aqui e faça o download gratuito da publicação!

 

Polo Turístico de São Conrado – RJ (2007/2010)

Categoria: Turismo Cultural

Criação e implantação do Polo, que envolve áreas de turismo, cultura, gastronomia, moda, meio ambiente, esporte e lazer; concepção do Projeto; elaboração dos estatutos da Associação Polo Turístico de São Conrado, oficializado em 30/6/2008 pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro; montagem do Plano de Ação do Polo, lançado no dia 17 de julho no Hotel Intercontinental, com a presença de 400 pessoas. Consultoria permanente ao Polo.

Realização: Instituto Cultural Cidade Viva, empresários, entidades do bairro e Amasco – Associação de Moradores de São Conrado. Parcerias: Secretaria Especial de Turismo/Riotur e Prefeitura do Rio de Janeiro.

 

Polo de Turismo Cultural da Costa do Cacau – BA (2008/2010)

Categoria: Turismo Cultural

Ilhéus, Itacaré e Canavieiras, BA

Pesquisa de oportunidades locais; realização de seminário; elaboração do Plano de Desenvolvimento do Polo, lançado de forma inédita, ao ar livre, na praça principal do Centro Histórico de Ilhéus (nov/2008); capacitação dos gestores locais para a viabilização do Plano; conclusão do inventário de 180 atrativos de turismo cultural da região. Palestra no Seminário para o Desenvolvimento do Turismo Cultural em Canavieiras, em junho de 2010.

Realização: SEBRAE/BA. Parcerias: Prefeituras, entidades e agentes locais.

 

Polo de Cultura e Turismo de Itapuã – BA (2007/2008)

Categoria: Turismo Cultural

Elaboração do Plano de Desenvolvimento do Polo; capacitação dos agentes locais para implantação do Plano; palestra para investidores potenciais; consultoria para o desenvolvimento dos projetos decorrentes do Plano; realização do Festival Cultural de Itapuã. Coordenação: Rosa Villas Boas (Rede ICCV Brasil). 

Realização: SEBRAE/BA. Parcerias: Secretaria de Estado de Cultura da Bahia, entidades e agentes culturais de Itapuã.

 

Polo de Turismo Cultural e Artesanato da Costa do Descobrimento (2006/2008)

Categoria: Turismo Cultural

Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália e Belmonte, BA

Estudo do potencial turístico e cultural da região; mobilização dos agentes locais para elaboração de um Plano de Desenvolvimento do Polo; seminário e capacitação para implantação das ações e projetos decorrentes do Plano; realização de inventário de 150 atrativos de turismo cultural da região para montagem de portal na internet; elaboração de quatro planos de atuação decorrentes, com a participação das comunidades locais: Corredor Cultural Pacatá, Centro Histórico de Arraial d’Ajuda, Vila de Santo André e Etnoturismo Pataxó;

Realização: SEBRAE/BA. Parcerias: Prefeituras da região, entidades e agentes locais.

 

Polo de Capoeira de Lauro de Freitas – BA (2005/2006)

Categoria: Turismo Cultural

Diagnóstico local e identificação da potencialidade cultural e turística do município, com base na existência de 40 entidades dedicadas à capoeira e 300 terreiros de candomblé. Mobilização, sensibilização e capacitação dos mestres de capoeira para construção do Polo. Consultoria para elaboração e viabilização de projetos e vínculo com a prefeitura. Participação: Engenharia Cultural e Rosa Villas Boas (Rede ICCV Brasil).

A prefeitura local adotou a capoeira como o grande tema cultural do município, abriu centros avançados dessa cultura e espaços de venda de produtos identificados com essa temática. Criou uma Orquestra de Berimbaus com 60 componentes e decorou a cidade com motivos inspirados na capoeira.

Realização: SEBRAE/BA, Prefeitura Municipal de Lauro de Feitas e associações de capoeira do município.

 

Polo Turístico-Cultural Gastronômico da Tijuca – RJ (2005/2006)

Categoria: Turismo Cultural

Pesquisa e diagnóstico das oportunidades locais; elaboração do Perfil de Marketing Cultural; capacitação dos agentes locais.

Realização: SEBRAE/RJ. Parceria: Associação Polo Gastronômico da Tijuca.

 

Polo Turístico-Cultural de Botafogo – RJ (2005/2006)

Categoria: Turismo Cultural

Pesquisa e diagnóstico das oportunidades locais; elaboração do Perfil de Marketing Cultural para o desenvolvimento do Polo.

Realização: SEBRAE/RJ. Parceria: Associação Polo Gastronômico de Botafogo.

 

Polo de Turismo-Cultural do Corredor da Liberdade – BA (2005)

Categoria: Turismo Cultural

Concepção e desenvolvimento do projeto do Polo, com o objetivo de criar um roteiro de atrativos turísticos e culturais tendo como identidade o segmento afrodescendente; montagem de um circuito de visitação turística na Ladeira do Curuzu, Bairro da Liberdade. Participação: Rosa Villas Boas (Rede ICCV Brasil).

Realização: SEBRAE/BA. Parcerias: Instituto Sociocultural IBASÒRÉ IYÁ e Secretaria Municipal da Reparação de Salvador.

 

Polo de Turismo Cultural Lavradio – Centro, RJ (2002/2003)

Categoria: Turismo Cultural

  • Proposta: Apoiar o desenvolvimento do Pólo, visando sua auto-sustentabilidade.
  • Atuação do ICCV e da EC: Apoio técnico à ACCRA – Associação dos Comerciantes do Centro do Rio Antigo, idealizadora do projeto. Trabalho de pesquisa e consultoria, através do SEBRAE/RJ, para a construção do Pólo, coordenação de Seminário com empresários locais, articulação de parcerias, tendo como base a transformação de antiquários em casas de show ao vivo e espaços culturais. Com o patrocínio da LIGHT, através do Projeto Caravana Cultural LIGHT, promoveu eventos artísticos na Feira do Rio Antigo, envolvendo ainda a Rede de Agentes Culturais Rio – RAC/RIO, criada pela Engenharia Cultural, em diversas atividades na Feira.
  • Parcerias: SEBRAE/RJ, ACCRA e LIGHT S.A.
  • Resultados: A rua, atualmente, é um dos mais importantes pólos de atração turística da cidade, tendo a liderança da ACCRA e o apoio de diversas instituições públicas e privadas.