Receba nossa Newsletter

Planos Estratégicos

Museu do Botafogo

Categoria: Planos Estratégicos

Projeto de implantação do Museu do Botafogo, em sua sede histórica, situada na Rua General Severiano. O trabalho contempla arquitetura, design, museografia, tecnologia e estudo de sustentabilidade econômica para a operação do espaço.

Realização: Botafogo de Futebol e Regatas e ICCV.

Coordenação: Caio Mario Mutz (Rede ICCV Brasil).

Projeto e Curadoria: Caio Mario Mutz, Jair de Souza e Hugo Sukman.

Patrocínio: Souza Cruz.

 

Acervo Documental da Secretaria de Patrimônio da União

Categoria: Planos Estratégicos

Concepção do projeto de higienização, identificação, restauração, catalogação e digitalização do Acervo Documental da SPU/RJ e implantação de áreas para atendimento a consultas e pesquisas.

O acervo possui documentos desde 1732, de suma importância nas demandas de questões patrimoniais do Rio de Janeiro e do país.

Realização: SPU – Secretaria de Patrimônio da União e ICCV.

Patrocínio: SEBRAE/RJ.

 

Museu Brasil da Cachaça

Categoria: Planos Estratégicos,Projetos

Concepção e planejamento da criação do Museu Brasil da Cachaça. O processo envolveu uma equipe multidisciplinar, composta de museóloga, designer, especialistas no produto, profissionais de tecnologia e economia. O trabalho final contempla um plano completo de implementação, com estudo de conteúdo, museografia, arquitetura e autossustentabilidade econômica.

Realização: ICCV.

Coordenação Geral: Maria Lucia Jardim.

Patrocínio: SEBRAE/RJ.

 

Programa empreendedor cultural (1997 a 2010)

Categoria: Planos Estratégicos

Implantado em 10 estados e 114 municípios brasileiros

Criação, coordenação e implantação do programa Parceria Cultural Rio, posteriormente denominado Programa Empreendedor Cultural (1999), com a finalidade de formar empreendedores culturais no Brasil. Montagem de redes de agentes culturais em 2004, contando com a participação de seis mil profissionais de 10 estados brasileiros. Ainda naquele ano, lançou a Rede de Negócios Culturais, como parte da I Rodada de Projetos Culturais do SEBRAE/RJ, na Marina da Glória, iniciando um amplo processo de integração que permitiu a viabilização de dezenas de projetos. O Programa editou publicações técnicas e forneceu consultoria para tornar viáveis alguns projetos dos alunos pós-curso. O trabalho continuou em 2010 na Bahia, onde o ICCV fornece consultoria para a realização de diversos projetos, entre eles a criação da Liga Carnavalesca Ouro Negro, formada por blocos percussivos afro, indígenas, de samba e de reggae.

Realização: Engenharia Cultural, ICCV, Sistema SEBRAE e Secretaria de Estado de Cultura da Bahia.

 

Plano Estadual de Cultura do Rio de Janeiro (2009/2010)

Categoria: Planos Estratégicos

Consultoria e produção de encontros regionais e estaduais envolvendo todos os municípios do estado do Rio de Janeiro, agentes culturais públicos e privados, para elaboração de diagnósticos regionais que servirão de base para propostas de elaboração do Plano Estadual de Cultura do Rio de Janeiro.

Realização: Secretaria de Estado de Cultura.

 

Perfil da Gerência de Cultura e Arte (2010)

Categoria: Planos Estratégicos

Estado do Rio de Janeiro

Produção de conteúdo e elaboração de texto para registro, mapeamento e catalogação das atividades desenvolvidas entre 2004 e 2009 pelo Programa de Cultura do Sistema Firjan – Gerência de Cultura e Arte.

 

Rede de Agentes Culturais (1999/2010)

Categoria: Planos Estratégicos

Mais de 6.000 participantes em todo o país

  • Proposta: Criar e implantar um Plano Estratégico para reunir pessoas que atuam no mercado cultural de todo o país, através da montagem de redes de parceria, envolvendo a maioria das atividades que fazem parte da Cadeia Produtiva do Mercado Cultural, para troca permanente de informações e conhecimentos, viabilização de projetos e experiências de empreendedorismo.
  • Atuação EC e ICCV: Criação do Plano, implantação e gestão da Rede de Agentes Culturais – RAC em 1999, através de metodologia de funcionamento criada com os parceiros da Rede e aprimorada na prática dos trabalhos.
  • Parceria: Sistema SEBRAE Brasil.
  • Resultados: A RAC foi implantada em 10 estados brasileiros e chegou a ter mais de 6.000 agentes integrados. Em 2004 lançou a Rede de Negócios Culturais na I Rodada de Projetos Culturais do SEBRAE, na Marina da Glória, iniciando um amplo processo de integração que permitiu a viabilização de dezenas de projetos. As Redes foram criadas como conseqüência do Programa Empreendedor Cultural e transformaram o modelo organizacional do ICCV, que hoje opera como uma rede de parcerias sustentável.

 

Programa SESI/Cultura Bahia (2005/2010)

Categoria: Planos Estratégicos

Criação de um novo Plano de Ação em 2005

Consultoria para a formulação de um novo Programa SESI Cultura para a Bahia, através de metodologia própria construtivista, envolvendo os agentes SESI, com foco nos trabalhadores das indústrias baianas e seus familiares. Metodologia editada na publicação “Série SESI BAHIA LAZER, 3 – SESI CULTURA”, em agosto de 2008. Em 2010, o ICCV foi convidado para atualizar o Programa diante do novo reposicionamento do SESI/CNI no Brasil em 2010. Essa atualização está prevista para ser realizada em 2011.

Realização: SESI BAHIA e Federação das Indústrias do Estado da Bahia – FIEB.

 

Plano de Negócio para Sustentabilidade de Museus (2007/2008)

Categoria: Planos Estratégicos

Rio de Janeiro – RJ

Pesquisa, gestão e produção, utilizando o Museu Internacional de Arte Naïf como piloto, que objetivou a criação de um modelo para construção de planos de sustentabilidade para museus e espaços culturais. Coordenação de José Arnaldo Deutscher (Rede ICCV Brasil). O trabalho envolveu o estudo de outros museus, nacionais e internacionais, contatos com dirigentes de museus do Rio de Janeiro, patrocinadores, empresários do turismo e lideranças do bairro.

Realização: Instituto Light. Patrocínio: Light S.A., Secretaria de Estado de Cultura – Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Parceria: Museu Internacional de Arte Naïf.

 

Plano de Marketing Cultural para o Mercado de Peixe São Pedro (2008)

Categoria: Planos Estratégicos

Niterói, RJ

Pesquisa histórica, de mercado e de opinião para elaboração de um Plano de Marketing Cultural para revitalização do Mercado – uma referência turística e gastronômica – e montagem de estratégias de marketing, comunicação e de promoção para implantá-lo.

Realização: SENAC, SEBRAE/RJ e Associação do Mercado São Pedro.

 

12