Receba nossa Newsletter

Blog

No dia 28 de Maio, terça-feira, às 18h terá uma palestra com o Fernando Portella no Auditório do Museu da República – Catete.

24 de maio de 2013

 

Fernando Portella é um dos mais influentes gestores culturais do Rio de Janeiro, diretor-executivo do Instituto Cultural Cidade Viva, e professor de cursos de gestão e produção cultural em todo o país. Lançou, no ano final do ano passado, na cidade do Rio de Janeiro seu livro Engenharia Cultural – Como transformar ideias em projetos e projetos em realidade pela Editora Cidade Viva.
A metodologia Engenharia Cultural é apresentada como um instrumento eficiente na viabilização de projetos, e na orientação para artistas e produtores culturais para a superação de dificuldades comerciais, focando nas oportunidades de negócio do mercado cultural e suas interfaces com outros setores, como o turismo, a área social, a educação e o meio ambiente.
“Não tenha medo do mercado. Ele não vai obrigar a
nada, se você não quiser. É um lugar de trocas. Portanto, troque sua arte
por recursos para fazer mais arte”- Fernando Portella.
Para confirmar sua presença no evento, entre em contato com a Editora pelo telefone 2233-3690 (falar com a Roberta) ou por e-mail, roberta@editoracidadeviva.com.br.

Dia Nacional da Botânica – Promoção da Editora Cidade Viva!

17 de abril de 2013

Hoje, 17 de abril, é comemorado o Dia Nacional da Botânica. Em sintonia com a data, a Editora Cidade Viva preparou um promoção especial para o ‘Guia de História Natural do Rio de Janeiro’, que traz um capítulo especial sobre o tema! Acesse e descubra! A promoção é válida até o dia 24 de abril de 2013, às 23h59.

Confira algumas imagens da bela flora do estado do Rio de Janeiro ilustradas no Guia:

 

 

Bate-papo sobre Imigração Judaica na ASA

11 de março de 2013

Há quatro anos os judeus no Brasil ganharam mais um dia a ser referenciado em seu rico calendário de datas comemorativas. Em dezembro de 2009 o governo federal aprovou a Lei nº 12.124, que estabelece 18 de março como o Dia Nacional da Imigração Judaica no Brasil.

A data foi escolhida com base na reinauguração, em 2002, da sinagoga Khal Kadosh Zur Israel, situada em Recife (PE), a primeira sinagogadas Américas, fundada no século XVII, durante o período de domínio holandês no nordeste brasileiro. Para lembrar a importância da data, a Editora Cidade Viva organizará um bate-papo na Associação Scholem Aleichem, em Botafogo.

A ideia consiste em abordar a influência da imigração judaica na formação socioeconômica e cultural da cidade. Na ocasião, o coordenador editorial de projetos da Editora Cidade Viva, Joel Ghivelder, dará seu depoimento sobre a preparação do livro “Judeus cariocas”, publicado em 2010.

Irmão do jornalista Zevi Ghivelder, que assina o capítulo de abertura do livro, Joel acompanhou e deu o tom a todo o rico processo de feitura da publicação, que envolveu pesquisadores e representantes de mais de dez famílias imigrantes no Rio de Janeiro.

Escrito por Keila Grinberg e Flávio Limoncic, historiadores, doutores em História Social e professores do Departamento de História da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), o segundo volume da série “Imigrantes no Rio de Janeiro” traz entrevistas com representantes de diversas gerações de judeus nascidos e criados na cidade, hoje espalhados em diferentes bairros e atuando nos mais variados campos profissionais.

Bate-papo sobre Imigração Judaica no Brasil 

Dia 18 de março | às 19h30

Associação Scholem Aleichem – ASA

Rua São Clemente, 155 – Botafogo | (21) 2539-7740

Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade

8 de março de 2013
Imagem de Amostra do You Tube

A arte e o feminino por Anna Bella Geiger

8 de março de 2013

 

A artista foi uma das entrevistadas do livro “Judeus cariocas”, lançado pela Editora Cidade Viva

 

“Ser artista é uma segunda pele. A realidade brasileira veio para mim armando possibilidades de leituras que venho transformando e revelando. A questão de gênero aparece no campo da cidadania. Poucos trabalhos meus falam de gênero, mas são significativos.

 

A questão do gênero é muito forte e continua perpassando a arte das pessoas. Os preconceitos são grandes em relação à mulher e ao homem, no lugar das comparações. A questão do feminismo não serviu para mim como refúgio. Nos EUA muitas mulheres surgiram como artistas filmando situações cotidianas em suas casas. Participei de uma exposição coletiva no Centre Georges Pompidou, em Paris, intitulada Elle, que mostrava obras de artistas mulheres de diversas nacionalidades. O Brasil estava representado apenas por mim e Lygia Clark.

 

Acho que a complexidade no campo da arte extrapola as questões de masculino e feminino. Há artistas homens que têm pontos de vista desvinculados da condição de gênero, como Leonilson, Chico Buarque, Caetano Veloso e expressam esse arquétipo melhor do que muitas mulheres.”

 

Nascida na Glória, em 1933, vive hoje no Flamengo. Um dos irmãos da sua mãe, já morando no Rio, enviava cartas para a Polônia com fotos das praias cariocas dizendo “…se você quer um lugar onde nunca mais vai sentir frio, venha”. Seus pais, já casados, vieram. Estudou no Colégio Benjamin Constant, no Colégio Franco-Brasileiro e cursou letras na UFRJ. Artista plástica com formação no Metropolitan Museum of Art, em Nova York, freqüentou o ateliê de gravura do MAM – Museu de Arte Moderna, onde mais tarde passou a lecionar, bem como na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. É casada e mãe de quatro filhos.

 

Leia mais sobre a artista:

 

 

Editora Cidade Viva oferece hoje 20% de desconto em todo o site. Válido somente para clientes mulheres! Basta digitar o código MULHER ao efetuar a compra do livro desejado.  Promoção válida até o dia 15 de março de 2013. 

Rio de Janeiro em foco

1 de março de 2013

Urbanistas debatem a evolução de conceitos e práticas de urbanidade ao longo dos 448 anos de fundação da cidade

Augusto Malta, 1920, Morro do Castelo: foto publicada no livro ‘Guia de História Natural do Rio de Janeiro’, Editora Cidade Viva, 2012

Hoje a cidade maravilhosa comemora conquistas importantes, como o título de Patrimônio Cultural Mundial da Humanidade pela Unesco. Além disso, ostenta desafios e oportunidades abrigando eventos internacionais de grande porte, ao exemplo da Jornada Mundial da Juventude, da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos Mundiais. Neste momento, grandes investimentos são negociados e grandes discussões relativas a segurança, lazer, moradia, bem-estar, cultura e cidadania, há tempos estacionadas, ressurgem com vigor. Pensando nesse momento especial para o Rio, a Editora Cidade Viva convida cariocas e simpatizantes da cidade para um bate-papo no dia 4 de março, a partir das 19h, na Travessa Leblon, com um grande time de urbanistas.

Farão parte da mesa o arquiteto e urbanista Demetre Anastassakis, pós-graduado em Planejamento Urbano e Regional, pela COPPE/UFRJ, ex-presidente do IAB RJ e responsável por diversos projetos de urbanismo no Brasil, Helena de Almeida Rego, mestre em Urbanismo pela UFRJ, pós-graduada em Planejamento Urbano e Regional pela UERJ e em Planejamento e Administração de Projetos de Revitalização Urbana pelo IHS – Holanda e Mozart Vitor Serra, economista e urbanista, ex-diretor e atual conselheiro do Instituto Light. A mediação será do comunicador, arquiteto e urbanista Joel Ghivelder.

 

Evento: Bate-papo | Onde: Livraria da Travessa – Leblon | Data: 4 de março de 2013 | Horário: 19h

 

Conheça as publicações da Editora Cidade Viva relacionadas ao tema Rio de Janeiro:

 

Rios de Histórias promove tour em São João Marcos

26 de fevereiro de 2013

Neste sábado, dia 2 de março, haverá uma oportunidade  ímpar para visitar o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos: a Rios de História promoverá uma visita guiada ao local, com direito a brindes! Para mais informações, entre em contato: (21) 3283 4583 | (21) 9715 8502 contato@riosdehistoria.com

 

Conheça o projeto ‘Vagão de Leitura’, finalista do Prêmio Rio Sociocultural 2010

5 de fevereiro de 2013
Imagem de Amostra do You Tube

Parque de São João Marcos promove reunião de avaliação e metas para 2013!

19 de janeiro de 2013

Neste sábado (19/1) o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos convidou sua equipe de colaboradores para uma avaliação de 2012 e exposição de metas para 2013. Compareceram à reunião cerca de 17 participantes do projeto que contribuíram para um bate-papo animador. A agenda de eventos deste ano está recheada de atividades culturais divertidas e educativas. Fique atento à programação!

“Estamos buscando sempre a melhor forma de trabalhar com os parceiros”, disse o gestor cultural do projeto Zeca Barros, do Instituto Cidade Viva.

A administração do Parque informa aos interessados que já é possível agendar visitas guiadas gratuitas pelo telefone: (21)2233-3690 ou através do email: contato@saojoaomarcos.com.br

“Aproveite o verão para fazer um programa diferente com a sua turma, e seja surpreendido pela história e beleza de São João Marcos”, sugere a produtora cultural Heidi Costa.

  • No dia 11 de janeiro o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos passou a fazer parte do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Rio Claro!

Bate-papo sobre ‘Uma vida positiva’ em São Paulo!

10 de janeiro de 2013

Bate-papo sobre o livro ‘Uma vida positiva’

Rafael Sanches Lopes, autor de ‘Uma vida positiva’, lançado pela Editora Cidade Viva, estará na FNAC Pinheiros na próxima quarta-feira, 16/1, a partir das 19h30, para noite de autógrafos e bate-papo. O livro, escrito a partir de postagens no blog pessoal do jovem ao longo de três anos, conta a sua trajetória após ser diagnosticado como soropositivo.

 

Data: 16 de janeiro

Horário: 19h30

Endereço: Praça dos Omaguas, n° 34, Pinheiros.  São Paulo – SP | Tel: (11) 3579-2000

  • Sugestão: Divulgue esse evento para um amigo que esteja próximo a este endereço na data informada e/ou tenha interesse nos temas Literatura – Biografias – Saúde – Juventude.
123

Posts recentes:

Mais acessados:

Tags:

finalistas Prêmio Rio Sociocultural Rio Tem Quem Queira